17 de jun de 2014

Saúde e alimentação devem andar de mãos dadas


A alimentação começa a ter seus hábitos construídos ainda na infância e muitas das características que os filhos vão levar adiante vêm dos exemplos de casa. Daí a importância em reforçar um cuidado maior desde a pequena infância quando os pequenos estão ainda descobrindo o sabor, a textura dos diferentes alimentos.
Investir na introdução de frutas e verduras na fase inicial faz muita diferença. Quando a criança desperta a curiosidade e tem habilidade para comer outros alimentos, é hora dos pais tentarem incluir nas sopinhas e papinhas frutas e verduras. Na fase em que os filhos já mastigam, pedacinhos de frutas cruas como maçã, banana devem servir como lanchinhos.
Nos casos de birra por preferir algo mais doce, é recomendado fazer suquinhos, sempre com pouco açúcar e oferecer para a criança, pedaços pequenos de frutas podem ser adicionadas ao iogurte ou sorvetinho da tarde. O que vale é tentar fazer esses itens alimentares fazer parte da dieta diária da criança. Através do plano de saúde na sua cidade, você deve procurar um pediatra sempre que a criança se recusar muito a ingerir esses alimentos ou caso apareça alguma alergia, mas na maioria dos casos as frutas são sempre bem aceitas e trazem sem sombra de dúvida inúmeras vantagens para a saúde.
Não desista diante da rejeição da criança a algum alimento em particular, com certos intervalos de tempo tente novamente. Por mais que o dia-a-dia seja corrido, tente inovar em bolos e tortinhas que recebam frutas nos recheios e coberturas, a criançada adora novidade, não deixe de variar. É através da ingestão de certos alimentos que trabalhamos para prevenir doenças como anemia e gripes.
Outro detalhe muito relevante é acostumar as crianças a beber água. Elas não devem substitui-la nos lanches por sucos de garrafa ou refrigerante para matar a sede, tente explicar desde cedo a vantagem para a saúde quando se ingere água e o que ela provoca no corpo humano.
É válido também usar da literatura infantil para ajudar nesta fase de crescimento e descobertas. Há livros didáticos que trazem à tona historinhas com essa temática da boa alimentação e da saúde, personagens ajudam a criar esse universo de aprendizagem que de forma lúdica chega mais rápido ao entendimento infantil.

Seu filho(a) tem costume de ingerir frutas e verduras?

Por: Roberta Clarissa Leite

Nenhum comentário: